Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

Nenhum dos alegados quadros de Hitler foi vendido em leilão

O leilão esteve envolto em polémica e houve acusações de que as pinturas fossem falsificadas.

Nenhum dos alegados quadros de Hitler foi vendido em leilão
Notícias ao Minuto

08:52 - 11/02/19 por Fábio Nunes 

Mundo Alemanha

A leiloeira Weidler esperava encaixar 45 mil euros com um quadro alegadamente da autoria de Adolf Hitler. Era apenas uma de cinco pinturas supostamente do líder nazi que foram a leilão em Nuremberga, uma das cidades mais emblemáticas do nacional-socialismo. No entanto, nenhum dos cinco quadros foi vendido, de acordo com a BBC.

O leilão incluiu ainda outros objetos que terão pertencido a Hitler, como por exemplo um cadeirão com duas suásticas. Embora seja proibida a exposição de símbolos nazis pela lei alemã, exceto em contextos considerados educacionais ou históricos, a Weidler conseguiu contornar a legislação ao pixelizar os símbolos no seu catálogo.

Ainda assim o leilão esteve envolvido em controvérsia. Na semana passada, dezenas de obras foram apreendidas pela polícia. As autoridades suspeitavam de que 63 objetos com as iniciais AH ou com a inscrição A Hitler teriam sido falsificados. Foi aberta uma investigação mas o leilão decorreu como estava previsto.

Ulrich Maly, presidente da Câmara de Nuremberga, considerou que o leilão era de “mau gosto”.

A venda de objetos com símbolos nazis ou que pertenceram a nazis é alvo de contestação a nível global.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório