Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

'Green Book' vence Melhor Filme numa noite sem grandes vencedores

'Green Book' ganhou o principal prémio desta 91.ª edição dos Óscares, levando para casa a estatueta para Melhor Filme e deixando para trás o favorito 'Roma'. Ao final da noite, não houve um vencedor absoluto, com os Óscares a serem divididos de forma equilibrada entre vários concorrentes.

'Green Book' vence Melhor Filme numa noite sem grandes vencedores

Sem o tradicional anfitrião, numa cerimónia mais rápida, com discursos mais breves e marcada pelo equilíbrio no que diz respeito à distribuição das estatuetas douradas. Assim se pode descrever a 91.ª edição dos Óscares. 'Green Book' pode ser considerado o principal destaque da noite com a conquista do Óscar de Melhor Filme, numa edição com algumas surpresas.

Ora se é verdade que 'Bohemian Rhapsody' ganhou Óscares em quatro categorias, tornando-se o mais galardoado da noite, também é verdade que, excetuando o Óscar de Melhor Ator para Rami Malek, fê-lo principalmente em categorias técnicas (Melhor Montagem, Melhor Montagem de Som e Melhor Mistura de Som).

'Green Book', além além de ganhar o Óscar principal, de Melhor Filme, levou para casa a estatueta de Melhor Ator Secundário, graças ao desempenho de Mahershala Ali, e também o Óscar de Melhor Argumento Original.

'Roma', que era visto como o grande favorito, não deixou créditos por mãos alheias. Ganhou o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, de Melhor Fotografia e de Melhor Realizador, para Alfonso Cuarón, solidificando a posição dos realizadores mexicanos em Hollywood -  nos últimos seis anos, cinco Óscares de Melhor Realizador para o México.

'Black Panther' foi premiado com três galardões nas categorias técnicas (Melhor Direção Artística, Melhor Banda Sonora Original e Melhor Guarda-Roupa). 

'A Favorita', um dos filmes com mais nomeações a par de 'Roma', apenas venceu um Óscar. Foi um dos principais derrotados da noite, salvando-se o prémio de Melhor Atriz para Olivia Colman, mas um pecúlio que fica abaixo do esperado. Esta foi, inclusive, uma das surpresas da noite, ficando para trás Glenn Close, que soma a sua sétima nomeação aos Óscares sem nenhuma vitória.

Regina King foi outro dos destaques da noite ao ganhar o Óscar de Melhor Atriz Secundária pela sua interpretação em 'Se Esta Rua Falasse'

O Melhor Filme de Animação foi para 'Spider-Man: Into the Spider-Verse' que superou a concorrência dos filmes com a marca da Disney e da Pixar. 

Portugal teve motivos para ficar feliz com a vitória de 'Free Solo' na categoria de Melhor Documentário, um filme que contava com a participação dos portugueses Nuno Bento, que o Notícias ao Minuto entrevistou recentemente, e Joana Niza Braga na equipa de som. 

--

  • Chega ao fim a 91.ª edição dos Óscares.  Como tinha sido prometido, esta foi uma cerimónia mais curta do que as anteriores.
  • MELHOR FILME: Green Book

É a categoria que costuma ser dada a maiores surpresas e este ano não foi diferente. 'Roma' era considera o grande favorito para ganhar o Óscar de Melhor Filme. 'Green Book' foi realizado por Peter Farrelly. 

  • MELHOR REALIZADOR: Alfonso Cuarón.

Cuarón recebe o terceiro Óscar por 'Roma' e o quinto da sua carreira.

  • MELHOR ATRIZ PRINCIPAL: Olivia Colman por 'The Favourite'

No seu discurso faz uma referência a Glenn Close, que era apontada como a grande favorita para ganhar a estatueta nesta categoria. "És um idolo meu", afirmou. 

  • MELHOR ATOR PRINCIPAL: Rami Malek.

"Posso não ter sido a escolha óbvia mas parece que resultou", diz Malek, numa referência à saída de Sacha Baron Cohen, que tinha sido a primeira escolha para interpretar Freddie Mercury.

  • Apresentado o 'In Memoriam', um tributo às personalidades ligadas ao cinema que faleceram no último ano.
  • MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: Lady Gaga e Mark Ronson por 'Shallow'.

É a primeira nomeação e o primeiro Óscar para Lady Gaga, uma estreante no Dolby Theatre.

  • MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL: Ludwig Goransson por 'Black Panther'
  • MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO: Charlie Wachtel & David Rabinowitz e Kevin Willmott & Spike Lee por 'Blackkklansman'

Spike Lee, vencedor de um Óscar Honorário em 2016, sobe ao palco para receber o seu primeiro galardão de entre as 24 categorias. "Vamos fazer o que é certo", pediu, num discurso onde falou na proximidade das eleições, claramente crítico da atual administração norte-americana.

É o primeiro Óscar para 'Blackkklansman', que estava nomeado em seis categorias.

  • MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL: Nick Vallelonga, Brian Currie e Peter Farrelly por 'Green Book'
  • MELHOR CURTA-METRAGEM: Guy Nattiv e Jaime Ray Newman por 'Skin'
  • Bradley Cooper e Lady Gaga tomam o palco para mais uma rendição de 'Shallow'. É a quarta canção nomeada a ser apresentada esta noite. Faz parte do filme 'A Star is Born', realizado por Cooper.

  • MELHORES EFEITOS ESPECIAIS: Paul Lambert, Ian Hunter, Tristan Myles e J.D. Schwalm por 'First Man'

O primeiro Óscar para 'First Man', realizado por Damien Chazelle, que estava nomeado para quatro estatuetas.

  • MELHOR CURTA DOCUMENTAL: Rayka Zehtabchi e Melissa Berton por 'Period. End of Sentence'

"Não acredito que um filme sobre menstruação ganhou um Óscar", dizem as autoras, emocionadas. "Obrigado, Netflix, por nos darem uma plataforma", acrescentaram. A primeira vez que se ouve o nome da plataforma de streaming esta noite. 

  • MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO: Domee Shi e Becky Neiman-Cobb por 'BAO'

  • Ouve-se a terceira canção nomeada, 'When a Cowboy Trades His Spurs For Wings', do filme 'The Ballad of Buster Scruggs'.
  • MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO: Bob Persichetti, Peter Ramsey, Rodney Rothman, Phil Lord e Christopher Miller por 'Spider-Man: Into the Spider-Verse'

'Spider-Man: Into the Spider-Verse' bateu os filmes da Disney e da Pixar.

  • MELHOR ATOR SECUNDÁRIO: Mahershala Ali por 'Green Book'

Este é o segundo Óscar para Mahershala, que também venceu esta mesma categoria por 'Moonlight', em 2017. Com esta vitória, Mahershala torna-se no segundo ator a vencer mais do que um Óscar. O primeiro foi Denzel Washington.

  • MELHOR MONTAGEM: John Ottman por 'Bohemian Rhapsody'
  • A segunda canção nomeada da noite: 'The Place Where Lost Things Go', interpretada por Bette Midler. Faz parte do filme 'Mary Poppins Returns'. Ao piano, Marc Shaiman, autor da música.
  • MELHOR FILME ESTRANGEIRO: 'Roma'

Alfonso Cuarón recebe o segundo Óscar da noite, e o quarto da sua carreira. Recorde-se que 'Gravity' venceu sete Óscares em 2014.

  • MELHOR MISTURA DE SOM: Paul Massey, Tim Cavagin e John Casali por 'Bohemian Rhapsody'
  • MELHOR MONTAGEM DE SOM: John Warhurst e Nina Hartstone por 'Bohemian Rhapsody'
  • Jennifer Hudson apresenta a primeira canção nomeada da noite, 'I’ll Fight' do documentário 'RBG', sobre a juíza Ruth Bader Ginsburg.

  • MELHOR FOTOGRAFIA: Alfonso Cuarón por 'Roma'

Um dos prémios mais importantes da noite. Regra geral, quem vence Melhor Fotografia também arrecada Melhor Filme. Resta saber se se confirma a regra.

  • MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA: Hannah Beachler por 'Black Panther'
  • MELHOR GUARDA-ROUPA: Ruth Carter por 'Black Panther'

  • Maya Rudolph, Tina Fey e Amy Poelher fazem uma pequena introdução. "Só para todos entendermos, não há anfitrião, não há filme popular e o México não vai pagar pelo muro", diz Maya, continuando a tradição de tiradas políticas misturadas com humor.

  • Cerimónia de abertura do Óscares ficou a cargo dos Queen com Adam Lambert, a solução encontrada pela Academia pela colmatar a ausência de apresentador.

  • Lady Gaga entra na passadeira vermelha com jóias no valor de milhões de dólares. O colar foi usado por Audrey Hepburn, a quem presta homenagem com o vestido e as luvas. A cantora e atriz faz história ao ser nomeada para as categorias de Melhor Atriz e Melhor Canção Original no mesmo ano.

  • Rachel Weisz, nomeada para Melhor Atriz Secundária por 'The Favourite'.

  • Emma Stone, nomeada para Melhor Atriz Secundária por 'The Favourite'.

  • O desfile de celebridades na passadeira vermelha, em Los Angeles.

  • Falta menos de uma hora para o início da cerimónia, marcada para a 1h em Portugal. Muita expetativa em relação à edição deste ano, a primeira vez em 30 anos que vai abrir sem um 'mestre de cerimónias', depois da polémica em torno de Kevin Hart. O comediante desistiu de apresentar os Óscares depois de ser confrontado com publicações antigas nas redes sociais, onde fazia piadas homofóbicas. O habitual monólogo inicial ficará, portanto, sem efeito.

  • Amy Adams, nomeada para Melhor Atriz Secundária por 'Vice'.

  • Alfonso Cuarón, nomeado para Melhor Realizador por 'Roma', um dos favoritos da noite, com 10 nomeações.

  • Melissa McCarthy, nomeada para Óscar de Melhor Atriz por 'Can You Ever Forgive Me?'.

  • Glenn Close, a favorita ao Óscar de Melhor Atriz, por 'The Wife', chega vestida de dourado.

  •  Spike Lee, nomeado para Melhor Realizador e Melhor Filme por 'BlackKklansman', chega ao Dolby Theatre.

--

A Academia de Artes e Ciências Cinematográfica entrega esta noite (madrugada de segunda-feira em Lisboa) os Óscares, naquela que é a noite mais importante do ano para o cinema.

A 91.ª edição dos Óscares tem lugar no Dolby Theatre em Hollywood, e é a primeira dos últimos 30 anos que não terá apresentador, depois de várias avanços e recuos em outras áreas, numa tentativa de modernizar a transmissão da cerimónia.

O filme 'Roma', do realizador mexicano Alfonso Cuarón, e 'The Favourite', do grego Yorgos Lanthimos, lideram as nomeações, conseguindo ambos dez nomeações.

Outros dos nomes que mais referências mereceram foram 'A Star Is Born', realizado por Bradley Cooper, e 'Vice', de Adam McKay, com oito nomeações cada um, seguido de 'Black Panther' com sete nomeações. Note-se, aliás, que é o primeiro filme de super-heróis a ser nomeado na categoria de Melhor Filme.

Quem está de volta aos prémios dos Óscares é o realizador Alfonso Cuarón, que com 'Roma' consegue nomeações para não só para Melhor Realizador, como para Melhor Filme e Melhor Filme Estrangeiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório