Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Museu digital dedicado à paisagem inaugurado esta quinta-feira em Lisboa

O projeto Museu da Paisagem (MdP), um museu com sede digital dedicado à paisagem desenvolvido pelo Politécnico de Lisboa, tem lançamento marcado para quinta-feira, 11 de abril, na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa, anunciaram os promotores.

Museu digital dedicado à paisagem inaugurado esta quinta-feira em Lisboa
Notícias ao Minuto

22:00 - 09/04/19 por Lusa

Cultura MdP

O Museu da Paisagem surge no contexto de uma sensibilização e formação de uma cidadania paisagística, promovendo a criação de paisagens sustentáveis e a interação entre o ser humano e a natureza, entre uma sociedade e o seu território, de acordo com a apresentação do projeto.

"Pretende-se que este museu digital possibilite um aprofundamento do conhecimento, das perceções e dos afetos relacionados com a paisagem, através de uma conceção cuidadosa do modo como os seus elementos são mostrados, da representação de diferentes temas e experiências dos lugares e das condições subjacentes à interação do público com a plataforma", pode ler-se no 'site' oficial do museu.

O diretor do projeto e docente na Escola Superior de Comunicação Social, João Abreu, classificou o Museu da Paisagem como "um museu um bocadinho fora do 'standard'", uma vez que este "não tem uma sede propriamente dita. A sede é 'online' e a exposição física é difusa no território através de parceiros, que vão desde bibliotecas a museus municipais".

A sede digital e oficial do museu contém uma série de conteúdos audiovisuais e multimédia de apoio à visita e leitura da paisagem, como um conjunto de 'podcasts', filmes, produtos multimédia e ligações para conteúdos externos.

Através do seu Serviço Educativo, o MdP procura desenvolver uma programação regular com visitas guiadas, conferências, ciclos documentais, exposições, oficinas e 'workshops'.

Na Biblioteca, a organização recomenda "uma série de leituras para quem quiser alargar e aprofundar o seu conhecimento sobre paisagem", lançando o desafio a diferentes personalidades, de diversas áreas de saber, a apresentarem uma seleção de obras que se relacionem com temas da paisagem.

Já a aplicação móvel 'One More Place?', também disponível, surge como um apoio à visita de sítios com valor paisagístico, cruzando informação sobre uma determinada paisagem, a sua localização e a experiência do utilizador.

Também na quinta-feira, dia do lançamento do projeto de investigação, irá dar-se a abertura da exposição 'Texturas Impermanentes: paisagens do Tejo', de Margarida Carvalho, curadora do MdP, que reúne um conjunto de fotografias realizadas em vários pontos de observação, situados no seio da bacia hidrográfica do Tejo, durante o trabalho de campo levado a cabo para a criação do Museu da Paisagem.

Este projeto de I&D está a ser desenvolvido pelo Politécnico de Lisboa, através de uma equipa de estudantes-bolseiros da Escola Superior de Comunicação Social, sob a orientação do professor João Abreu, em parceria com o Instituto Politécnico de Santarém, Instituto Politécnico de Castelo Branco e a empresa STRIX, Ambiente e Inovação.

O Museu da Paisagem insere-se no Projeto 'Narrativas e experiência do lugar: bases para um Museu da Paisagem', financiado por Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e do Programa Operacional Regional de Lisboa, e pelo Orçamento de Estado, através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Desde abril de 2019, o Museu da Paisagem - museudapaisagem.pt - constitui-se como associação científica e cultural sem fins lucrativos, com sede na Escola Superior de Comunicação Social do Politécnico de Lisboa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório